segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Segredos da Linguagem Corporal - Como usar Espaços Reservados?


O que a linguagem do seu corpo provoca nas pessoas?
Simpatia? Autoridade? Aversão?

Tenho certeza de que você não sabe e dificilmente parou para refletir que conhecer Linguagem Corporal não se trata  apenas de decifrar as emoções do outro, mas também, e não menos importante, ter consciência de quais mensagens não verbais você está transmitindo, lapidar-se pra inspirar pessoas, melhorando a sua comunicação.

 O que você fala, o tom da sua voz ou a sua oratória perfeita são  uma pequena parte da comunicação, porém  a parte mais influente, sem dúvidas, são os sinais não verbais. Conclui-se que  ter uma excelente oratória mas com gestos incongruentes, ou ausência de gestos pode destruir seus resultados ou não passar a mensagem correta.
As pessoas podem aprender a impulsionar suas habilidades na comunicação utilizando gestos intencionais e os espaços físicos.
Vamos conhecer exemplos de como a gestos intencionais  podem ajudar seu desempenho?

Você tem um problema. Precisa apresentar, em uma reunião de vendas, dados extremamente negativos sobre o último semestre, mas ao mesmo tempo motivar sua equipe e a diretoria para crescimentos futuros em vendas. Como fazer? Você precisa transmitir notícias ruins, mas não quer a sua imagem vinculada a elas e  também que a equipe não se sinta contaminada e sim motivada.
Mhaya Consultoria e Treinamentos - artigo de Myrian Mourão
Dar uma noticia lastimável e logo sem seguida pular, brincar e usar chavões de motivação vai ter a duração de 24hs e, logo após, as pessoas estarão desmotivadas novamente.

Complicado? Impossível? Não. Se você usar a técnica do espaço e reservado gestos intencionais.




  1.      Etapa: Criando espaços imaginários – Espaço negativo e espaço positivo


Divida sua apresentação em dois momentos e em espaços diferentes: um negativo onde falará sobre os baixos índices e o outro positivo onde o foco será motivar as pessoas.
Mhaya Consultoria e Treinamentos - artigo de Myrian Mourão

Como ilustra a figura acima, no primeiro espaço reservado, ao lado do flip chart você dará as noticias negativas. Neste momento repasse as más notícias para um objeto: “Como vocês podem observar no Flip chart..” Nesta etapa evite os Gestos de Relacionamento.

Gestos de relacionamento são geralmente utilizados para criar simpatia ou sintonia entre o que você está comunicando e a plateia/pessoa. Exemplos, a palma da mão virada para cima, mãos no peito, mãos direcionado ao peito e depois para a plateia/pessoa, gestos largos com os braços, entre outras.


Estes gestos não são indicados em caso de notícias negativas, pois farão uma conexão entre você e a notícia ou pior: a plateia/pessoa pode entender que a notícia negativa tem relação com ela.  

Nas figuras abaixo temos alguns exemplos de gestos de relacionamento.







 2   Etapa – Gestos para notícias negativas.

Aponte para os dados negativos com a palma da mão virada para baixo ou para o lado: 

“..infelizmente como podemos ver no flip chart, a empresa teve sérios problemas e vendas decepcionantes..
Após concluir a exposição, baixe a mão deixando cair o braço ao mesmo tempo olhe para o chão e dê uma pausa. Este gesto vai desconectar você das notícias ruins no inconsciente das pessoas, como se você dissesse: “Não sou eu, não fui eu que causei. Estou me separando dessas notícias ruins.”









 3  Etapa – Espaço positivo

Após encerrar as notícias sobre o relatório de vendas do nosso exemplo, é o momento de se desconectar deste lugar. Vá para a posição 2 em silêncio, com esta mudança você deixa as notícias ruins para trás e pode passar para a segunda etapa da apresentação em que falará de projeções positivas.
Virando as palmas da mão para cima, levantando a cabeça e fazendo contato ocular com as pessoas, faça gestos abertos em sentido ao público, como se estivesse incluindo essas pessoas nas boas notícias.
“..por outro lado. A boa notícia é que as projeções de vendas estão em alta e o mercado está aquecido..”
Nesta etapa os gestos de relacionamento são bem vindos.
Se você está sentado, a mudança de espaço negativo x espaço positivo pode ser realizado mudando a sua posição na cadeira. De qualquer forma, mudança de lugar desconecta o que  foi dito para o que será dito. Isto é viável em várias situações, como o exemplo acima, ou quando precisa da cooperação da equipe mesmo com cortes no orçamento, projeto ou outras dificuldades.

A estratégia de espaços reservados e gestos intencionais pode gerar qualquer tipo de emoção, inclusive de transferência de culpa por resultados ruins, se essa for a sua intenção. Nos próximos artigos e nos nossos cursos exploraremos algumas dessas estratégias.



Fica a dica e sucesso!