terça-feira, 5 de agosto de 2014

Dicas de Prospecção: As Abordagens no LinkedIn.


O que é uma rede social? "Espaço onde o indivíduo se relaciona diretamente com um ou mais indivíduos, formando um grupo, que juntos formam uma rede de relacionamento."

O LinkedIn, uma das mais promissoras  redes de relacionamento para realizar networking, somou no Brasil a  marca de 15 milhões de usuários em 2013, segundo a revista  Exame, e 50% a mais que em 2012.
Com esse número, o Brasil mantém a terceira posição entre os países com mais pessoas no LinkedIn. Fica atrás apenas dos Estados Unidos, com 84 milhões, e da Índia, com 21 milhões. 

Já posso sentir, aqui da minha cadeira, os olhos de vocês brilhando diante das perspectivas de realizar contatos e ampliar negócios de uma maneira mais direta do que um contato telefônico ou um e-mail de prospecção.

Até aqui o que escrevi não é novidade e não é o foco deste artigo. Também não vou  falar como  fazer networking nas redes sociais porque encontramos essas informações disponíveis no google e vídeos explicativos no Youtube.
Eu quero focar nas abordagens no LinkedIn, pois não adianta saber encontrar, saber manter um perfil atualizado, ter as melhores qualificações e indicações e uma péssima abordagem.


“Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”


Um exemplo para a frase acima, muito divulgada nas mídias sociais e erroneamente atribuída a Einstein, pode ser  observado nas duas figuras abaixo:






Se um e-mail com o assunto “apresentação” tem um retorno  baixo e pedir para alguém passar informações para a diretoria também não é muito viável, por quê essa estratégia daria certo em uma rede social?

Relacionamento

Se rede social  é  um espaço onde o indivíduo se relaciona, forma grupos, interage, você tem a oportunidade de fazer muito mais do que contatos padronizados. Esqueça a palavra “apresentação”! Tenha uma forte presença nos grupos e participe das postagens dos outros membros, expondo suas ideias, mostrando que tem algo a dizer. 

Observe abaixo como eu fui abordada por um profissional no LinkedIn:




Resumindo..

  1. No LinkedIn você consegue localizar os decisores na página das empresas, evitando assim enviar informações “a/c ”. Quanto mais você é relevante, participativo, mas chances você tem de ser adicionado e procurado. Se não localizar a pessoa, pergunte, peça para ser indicado!
  2. Assim como nos e-mails de prospecção, é necessário atenção ao assunto, ao tipo de abordagem e ao corpo da mensagem. Lembrando que enviar muitas mensagens ou a insistência pode criar uma imagem negativa.
  3. Seja generoso com as informações e dicas! Dê sem a intenção única de receber algo em troca!
  4. Agradeça os comentários. Agradeça o adicionamento. Seja inesquecível. Ganhar a afeição das pessoas conquista respeito.

Tudo é muito simples. Atenção! Eu disse simples, mas não disse que é fácil!



Fica a dica e sucesso!